Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Resultados de diversos estudos que avaliaram os efeitos de suplementos de magnésio sobre a pressão arterial indicam que a acção do magnésio está presente no bom funcionamento do sistema cardiovascular.

Há uma clara correlação entre os baixos níveis séricos de magnésio e a incidência de doenças cardiovasculares. Prova disso é que os doentes hipertensos, geralmente, apresentam redução do magnésio intracelular.

 

A Recomendação Dietética (Recommended Dietary Allowances/RDA) para o magnésio é de 400 a 420mg diários para homens adultos e de 310 a 320mg diários para mulheres adultas.

 

No entanto, o consumo habitual está, geralmente, abaixo desta recomendação e a prevalência desta deficiência de magnésio está, frequentemente, associada a diversas doenças crónicas.

Sabe-se que o magnésio possui efeito antiarrítmico e actua no tónus vascular, resultando na alteração da musculatura lisa arterial e na contractilidade vascular e também participa no metabolismo da glicose e na hemóstase da insulina. Por esta razão, acredita-se que a deficiência de magnésio ou alterações no seu metabolismo estejam relacionados com a fisiopatologia da hipertensão, arritmias, resistência à insulina e diabetes.

Concentrações baixas de magnésio estão, frequentemente, associadas à redução do colesterol HDL, (bom) ao aumento do colesterol LDL (mau) e dos triglicerídeos.

Adicionalmente, a deficiência deste mineral tem sido também relacionada com o stress, disfunção endotelial, agregação plaquetária, resistência à insulina e hiperglicemia.

 

A administração de óxido de magnésio (400 mg/dia) durante oito semanas em doentes hipertensos foi capaz de reduzir os níveis da pressão arterial.

 

Esta mesma dosagem de suplemento, também, foi associada à redução de colesterol, LDL e triglicerídeos e à melhora da resistência à insulina.

Outro estudo demonstrou que a suplementação crónica de magnésio foi capaz de melhorar a função endotelial de doentes com doença coronária.

 

Podemos por isso concluir que a suplementação de magnésio na dosagem de 400 mg/dia é benéfica para os doentes com problemas de hipertensão arterial ou doenças vasculares e coronárias, assim como nos doentes com colesterol elevado ou doentes diabéticos.

 

Trata-se de um “ mineral maestro “ , com várias funções muito importantes no nosso organismo pelo que é desejável e muito importante que os seus níveis sejam os adequados.

 

MAGNESIUM tecnilor® (óxido de magnésio 400 mg/dia) em dose única diária para além do importante papel no sistema cardiovascular, reduz o cansaço, melhora a contractilidade muscular o ritmo cardíaco e nas mulheres grávidas evita as contracções uterinas.

Dra. Manuela Catarino

( Farmacêutica )

 

MAGNESIUM tecnilor® é um suplemento alimentar que constitui uma fonte de magnésio, um mineral com várias funções importantes no organismo, tais como: 

MAGNÉSIUM.jpg


  • contracção muscular
  • redução do cansaço e fadiga
  • normalização do metabolismo
  • estabilização dos sistema nervoso
  • estabilização do sistema muscular

 

Este produto não contém açúcar. Conheça melhor o nosso produto e seus beneficios aqui.

 

Posologia: 1 comprimido por dia às refeições

 

Antes de tomar qualquer suplemento consulte

sempre o seu médico assistente ou o seu farmacêutico.

 

Uma recomendação Tecnilor!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre nós

foto do autor




Mensagens